quinta-feira, 29 de novembro de 2012

SE OS OFICIAIS SUPERIORES SÃO CONTRA, É PORQUE É BOM PARA OS SERVIDORES DE NÍVEL MÉDIO!


A Associação dos Oficiais da Brigada Militar, por intermédio de seu Presidente, Ten Cel RR Riccardi, está enviando e-mail a todos os oficiais superiores da Brigada Militar convidando-os para comparecerem a audiência pública no dia 06 de dezembro para “sepultarem esta deplorável e retrógrada pretensão”, referindo-se a mudança no plano de carreira proposta pelas Entidades de Nível Médio da Brigada Militar, que está sendo discutida com a Categoria.
Abaixo a íntegra da mensagem:
“O Presidente da ASOFBM, TC José Carlos Riccardi Guimarães, convida os oficiais de Nível Superior da Brigada Militar para Audiência Pública, marcada para o dia 6 de dezembro de 2012, às 9h30, na sala Adão Preto, no térreo da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre.
Na oportunidade, vão ser discutidas as alterações no Plano de Carreira dos Militares Estaduais, em especial a criação de quadro paralelo de oficiais (QOPM) cuja medida se efetivada, configurar-se-á em sérios prejuízos a categoria, a Brigada Militar e a sociedade gaúcha.
Contamos com a presença maciça dos Oficiais de Nível Superior, para que com força e união sepultemos esta deplorável e retrógrada pretensão”.
CONTRAPONTO DA ASSTBM
O Projeto que está em construção, com debates sendo procedidos nas regiões do Estado e cuja audiência pública se realizará no dia 06 de dezembro de 2012, diz respeito exclusivamente aos atuais servidores de nível médio da Brigada Militar. A manifestação do Presidente da ASOFBM, demonstra um caráter autoritário, preconceituoso e discriminatório, demonstrando efetivamente que precisamos estarmos juntos para conquistarmos o nível superior para todos os integrantes da Brigada Militar, para de uma vez por todas acabarmos com resquícios arbitrários como este enunciado pelo Ten Cel RR Riccardi. Dia 06 de dezembro, às 09h30min, todos na Assembleia Legislativa. Que o debate seja feito e que prevaleça a democracia.
Fonte:http://www.asstbm.com.br
************************************************************************
NOTA DO EDITOR: Mais um monstrengo sendo gestado nas ostes do PT e sua base de sustentação, senão vejamos:
- Deputado Altemir Tortelli - PT
- Deputado Jeferson Fernandes - PT
- Deputado Nelsinho Metalúrgico - PT
- Deputado Ronaldo Santini - PTB

O que me preocupa é a inanição do Comando, pois o que se avizinha é mais um plano de carreira esdrúxulo e eleitoreiro paro o nível médio, aos moldes do atual onde não existe mais soldados na reserva, todos vão para a reserva como tenentes sem terem descontado a previdência pública, é ou não é um descalabro???
Nada contra um plano de carreira justo, adequado a nossa realidade, o qual certamente não é este que está sendo oportunisticamente confeccionado fora da BM, com componentes eminente e preponderantemente políticos, absolutamente destoantes da realidade legal. Porque não trazem o projeto para a via legal e o discutem interna corporis ???  Aí a opinião é minha: simplesmente porque esse projeto contraria o interesse público e a ordem legal em vigor. 

5 comentários:

  1. Esperamos lotar o Plenarinho da AL dia 06/12/12 às 09:00h, mostrando ao Rio Grande do Sul a força e a raça brigadiana quando esta unida em prol de seus objetivos. O mérito que buscamos não é para uma parte somente dos integrantes da BM, é para todos os brigadianos sem distenção. Porque a Proposta do Nível Básico é clara, visa o crescimento profissional, a valorização intelectual e consequentemente a dignidade de Policiais Militares responsáveis pela segurança do Estado. Basta de orgulho, de individualismo, de arrogância no poder, porque pensamentos e ações retrógaddas, constitui uma alma obscura, ignorante e sem espírito de corpo. A Brigada Militar não tem mais espaço para aqueles que ainda cultuam o poder pelo poder, hoje a Corporação precisa de intelectualidade e de boa vontade, porque a hierarquia, o compromisso e o trabalho, sempre foram e sempre serão os alicerses de todos os brigadianos. Juntos Seremos Fortes.

    ResponderExcluir
  2. Ora veja bem: o sr propõe discutir a idéia dentro da corporação... mas é exatamente isso o que estamos fazendo, viajando por todo o RS, realizando reuniões e debates, tanto é que, quando da apresentação da proposta ao executivo, tal se deu através de um ofício assinado por TODAS as entidades representativas, menos a ASOf, eis que dessa, nós já conhecemos o posicionamento. A ASOf sempre deixou bem claro, inclusive a mim foi dito pessoalmente pelo imoral Cairo, que foi preso pela PF, que a ASOf se preocupa com oficiais de capitão a coronel e ponto. Discutir internamente talvez seja, para o nobre oficial, sujeitarmo-nos ao interesses corporativistas do " nível superior", embora nem todos possuam nível superior aí. A ASOf BM e os Oficiais Superiores sempre pensaram no seu umbigo, sempre foi assim, e não aceitam que outros brigadianos lutem por seus grupos. Pois bem,... será assim Sr Coronel, e com a leniência do nível superior ou não, nós atingiremos nosso objetivo. A Brigada é de todos nós sr coronel, não é propriedade particular dos oficiais superiores e... veja bem...nada vai nos impedir. Fique em paz. Tenente Góes, presidente da Associação dos Oficiais Subalternos da Brigada Militar - AOfSBM ( tenentes, lembra-se ?)

    ResponderExcluir
  3. Ao Izaias digo o seguinte: a Brigada Militar tem uma carreira de nível médio e outra de nível superior. Se os integrantes do nível médio querem ascender ao nível superior, basta concluir o curso de Direito ou das áreas da saúde e PRESTAR CONCURSO PARA INGRESSAR NA CARREIRA DE NÍVEL SUPERIOR. Simples assim.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao nobre Tenente Góes, pelas palvras dirigidas ao Sr Corenel da Reserva, que com certeza viu muitos oficias com 2º grau, serem elevados ao nível superior por força de uma Lei que eles lutaram e venceram; agora vem contra a luta dos praças e tenentes que tambem almejam uma elevação profissional. É certo o ditado que diz: O mal do brigada é o outro brigada.

    ResponderExcluir